Secções


IRC: #musica_classica

musica_classica@netcabo.pt



Celebridades do século XXI - Pedro Burmester
Pedro Burmester (piano)

Pedro Burmester nasceu no Porto. Foi durante dez anos aluno de Helena Costa, tendo terminado, em 1981, o Curso Superior de Piano no Conservatório do Porto com a classificação máxima. Posteriormente, deslocou-se aos Estados Unidos da América, tendo aí trabalhado, entre 1983 e 1987, com Sequeira Costa, Leon Fleicher e Dmitri Paperno. Paralelamente, frequentou diversos cursos de aperfeiçoamento com pianistas como Karl Engel, Vladimir Ashkenasy, T. Nocolaiewa e E. Leonskaya.

Ainda muito novo, foi premiado em diversos concursos, destacando-se o Prémio Moreira de Sá, o 2º Prémio Vianna da Motta e o prémio especial do júri do Concurso Van Cliburn (EUA).

Iniciou a sua actividade de concertos aos 10 anos de idade e, desde então, já realizou mais de 500 concertos, a solo, com orquestra e integrado em diversas formações de música de câmara, em Portugal e no estrangeiro. Participou em todos os festivais de música portugueses. No estrangeiro, são de realçar as suas apresentações em La Roque d'Anthéron, na Salle Gaveau, no Festival da Flandres, na Filarmonia de Colónia, na Gewandhaus de Leipzig, na Casa Beethoven (Bona) e no Concertgebouw de Amesterdão.

Destacam-se as colaborações com os maestros Manuel Ivo Cruz, Miguel Graça Moura, Álvaro Cassuto, Omri Hadari, Gabriel Shmura, Muhai Tang, Lothar Zagrosek, Michael Zilm, Frans Brüggen e Georg Solti.

Nos últimos anos, Pedro Burmester tem vindo a dedicar-se também, à música de câmara. Mantém há dez anos um duo com o pianista Mário Laginha e actua regularmente com os violinistas Gerardo Ribeiro e Thomas Zehetmair, com os violoncelistas Anner Bylsma e Paulo Gaio Lima e com o clarinetista António Saiote. Mais recentemente, formou um grupo de pianos e percussões que tem actuado, com grande sucesso, em diversos festivais e concertos em Portugal.

As actuações de Pedro Burmester, na temporada de 1997-98, incluíram França, Alemanha, Bélgica, Holanda, Brasil, Estados Unidos da América, África do Sul, Canadá e Austrália, onde realizou uma digressão com a prestigiada Orquestra de Câmara Australiana.

A sua discografia inclui CD's a dolo com obras de Bach, Schumann, Schubert e Chopin, um disco em duo com Mário Laginha e gravações com a Orquestra Metropolitana de Lisboa. Em 1999 gravou a integral da Sonatas para Violino e Piano de Beethoven, com o violinista Gerardo Ribeiro.

Pedro Burmester foi, durante dez anos, professor na Escola Superior de Música e Artes do Espectáculo do Porto.

 

Texto por: Gulbenkian - serviço de Música